PLANTÃO

Voltar

Bairro Seguro prende mais de 255 em MT

05:00 - 05/12/2016 por redação

A Operação Bairro Seguro, deflagrada nessa sexta (2) e realizada em todos os municípios do Estado, já cumpriu 255 prisões entre flagrante delito e por mandado, além de efetivar 198 mandados de busca e apreensão, e aprender mais de 21kg de droga. Esse é o saldo parcial das primeiras 24 horas da ação.

Também foram lavrados 92 termos circunstanciados, feitas três apreensões de adolescentes, recuperadas 55 armas de fogo e 48 veículos, e emitidas 162 orientações.

O objetivo da ação, de acordo com a secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp), é prender bandidos que atuam nos crimes de tráfico de drogas, roubo, furto, homicídio, além de apreensão de armas e drogas. Participam da operação aproximadamente 2 mil policiais sendo 1,1 mil militares e 900 civis. Ao todo, são 340 mandados de prisão que devem ser cumpridos durante este dia.

Lei Seca

Na noite de ontem, a 25ª edição da operação “Lei Seca” foi realizada, na avenida Isaac Póvoas, região central de Cuiabá. Das 23h às 4h da madrugada de hoje, 105 veículos aforam abordados e 95 testes de alcoolemia feitos.

Além disso, 24 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) foram recolhidas, seis automóveis detidos, quatro pessoas presas por dirigir veículos sob efeito de bebida alcoólica, oito documentos de veículos (CRLV) recolhidos, além de 46 autos de infrações de trânsitos, referentes à medidas administrativas de recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo.

Bairro Seguro

Desenvolvida com o apoio de lideranças comunitárias, a estratégia da operação vem sendo colocada em prática desde abril, com resultados positivos para a redução de homicídios e crimes patrimoniais. "A operação é fruto de um planejamento integrado em todos os níveis de ação: estratégico, tático e operacional. Atendemos demandas que estavam reprimidas”, disse o gestor da pasta, Rogers Jarbas, em coletiva de imprensa nessa sexta.

Ele explicou que houve vários pedidos das comunidades para que fosse intensificado o policiamento, aumentando o número de policiais e viaturas nas ruas. “Alinhamos as demandas comunitárias com as questões técnicas das análises criminais da Secretaria”, comentou.

Com RD News

Voltar
mais populares
Anuncie aqui !