CURIOSIDADES

Voltar

Coronel Adib retorna a Rondonópolis para lançamento de sua biografia

05:00 - 15/12/2016 por redação

O poeta e escritor Guimarães Rocha lançaou ontem(14), às 20 horas, no Centro Cultural José Sobrinho, em Rondonópolis, a segunda edição revisada e atualizada do livro “Coronel Adib – a História”, com selo de publicação da Life Editora, numa promoção do Grande Oriente do Brasil – Oriente de Mato Grosso e Grande Oriente de Mato Grosso do Sul e da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul com apoio da Academia Sul-mato-grossense de Letras.
Toda a renda com a venda das edições será destinada para a Maçonaria de cada oriente que fará doação para uma instituição de caridade. O protagonista Coronel Adib se fez presente nos novos lançamentos da edição atualizada na sua cidade natal Cáceres, em Rondonópolis e Cuiabá onde teve início sua carreira.
Antônio Alves Guimarães é conhecido pelo nome artístico de Guimarães Rocha e tem realizado o projeto continuado “A Arte de Ler e Escrever” em vinte municípios do Estado.
Ler sobre as histórias ocorridas no estado de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, sempre é uma viagem ao tempo e a um passado que está presente a todo instante. Certamente servirá muito mais às novas gerações valorosos conhecimentos do passado histórico.
Para o jornalista Gutemberg Honorato de Moura, que faz apresentação nesta obra sobre o Coronel Adib, “as memórias a respeito dele são uma referência policial do país”.
A leitura da obra de Guimarães Rocha intitulada “Coronel Adib” permite ter contato com uma biografia notadamente datada do coronel Adib Massad. Esta publicação ganhou também o acréscimo do prefácio do presidente da Academia Sul-Mato-grossense de Letras, Reginaldo Alves de Araújo. “Aos policiais que morreram no estrito cumprimento do dever. A obra é a consolidação do chamado movimento de História Nova – corrente que aponta novos métodos e novas linguagens na escrita da história”, disse. No lançamento do livro foi notada a ausência de autoridades da cidade, entre elas o secretário de Cultura  e da Secretária de Educação, bem como demais políticos da cidade.


HOMEM TEMIDO


O coronel Adib, na década de 70, teve uma atuação destacada em prol da segurança pública de Rondonópolis e região, exercendo a dupla função de delegado e comandante de polícia. Na época, ainda como tenente, ele ficou famoso por promover uma verdadeira varredura contra a criminalidade que assolava a cidade, passando a ser uma das autoridades mais respeitadas pela sociedade e temida pela marginalidade.
“Tínhamos dificuldades e nem sempre alcançávamos os nossos objetivos, mas nos esforçávamos. Muitos problemas eu não estava preparado para resolver, mas tinha vários amigos e companheiros que eram chamados para nos dar apoio. Por todas as cidades por onde passei, fiz amizades com pessoas de bem, como juízes, promotores de justiça, políticos e outros. Eram pessoas que nos apoiavam e orientavam o nosso trabalho em prol da segurança da comunidade”, lembrou o coronel da reserva durante uma visita a Rondonópolis em maio de 2012. Ele recordou que tinha ao seu lado bons soldados e oficiais que eram a sua base. “Sempre valorizei os meus soldados e eles me davam respaldo. Vencíamos os problemas unidos”, afirmou, na época.
O coronel Adib relatou que, no ano de 1969, quando chegou para exercer a função de delegado e comandante de polícia em Rondonópolis, o problema maior era com casos de embriaguez. “Não se podia andar na calçada porque eram bêbados caídos em todo lugar. Os autores de crimes na época eram pessoas vindas de outras cidades e estados, problema este que resolvi com rigor”, relembrou.
O oficial da reserva recordou que, na década de 70, existia a lei do silêncio a partir das 22 horas. “Para cumpri-la contei com o apoio do prefeito na época, o Hélio Cavalcante Garcia, que nos cedia viaturas para montar patrulhas e fazer valer a lei do silêncio. Nos finais de semana, enchíamos a cadeia de gente embriagada. Nas segundas-feiras, a frente da delegacia lotava de pessoas para ver os presos saindo da cadeia”.

Com o Jornal A Tribuna

Voltar
mais populares
Anuncie aqui !