ESPORTES

Voltar

Em nota, Nenê diz que fica no Vasco e explica comentário que gerou polêmica

01:00 - 29/12/2016 por redação

O meio-campista Nenê divulgou uma carta nesta quarta-feira (28) na qual reitera sua permanência no Vasco para 2017 e explica o comentário que acabou gerando polêmica na semana passada. Após dizer que sentia falta dos filhos, em moram em Jundiaí, no interior de São Paulo, Nenê teve a transferência especulada para clubes paulistas.

"Diante das notícias que foram veiculadas nos últimos dias, venho a público reafirmar que sou atleta do Vasco da Gama, com contrato válido até o final de 2018. Ao contrário do que foi especulado, em nenhum momento eu ou meu empresário iniciamos conversas com outro clube. E muito menos manifestamos à diretoria do Vasco meu desejo de deixar São Januário nesta virada de temporada", começa a carta.

"Gostaria de esclarecer também sobre declarações que fiz na semana passada, em que comentava a intenção de ficar mais próximo dos meus dois filhos. Algumas pessoas disseram que bastaria que eu os levasse para morar comigo no Rio de Janeiro. Meus filhos são do meu primeiro casamento e eles moram com a mãe, que detém a guarda, em Jundiaí, em São Paulo, onde também estudam. Dessa forma, é impossível que eles simplesmente mudem de cidade - e de estado", explica Nenê.

"Em razão dessa situação, nosso contato é eventual, muito menor do que gostaria. E isso, aliás, foi o principal motivo para que eu optasse por retornar ao futebol brasileiro em 2015, mesmo possuindo propostas, financeiramente mais vantajosas, de clubes de diversos países europeus e asiáticos, naquela oportunidade", acrescenta o camisa 10 do Vasco.

Confira a carta de Nenê na íntegra

"Diante das notícias que foram veiculadas nos últimos dias, venho a público reafirmar que sou atleta do Vasco da Gama, com contrato válido até o final de 2018.

Ao contrário do que foi especulado, em nenhum momento eu ou meu empresário iniciamos conversas com outro clube. E muito menos manifestamos à diretoria do Vasco meu desejo de deixar São Januário nesta virada de temporada.

Vale lembrar que, no final do ano passado, surgiram diversas possibilidades de transferência e optei por permanecer em São Januário, ampliando a duração do vínculo por mais um ano.

A decisão pela minha permanência no clube, no entanto, cabe também à direção vascaína. O clube tem total liberdade de ouvir eventuais propostas e abrir negociações, caso seja de seu interesse.

Gostaria de esclarecer também sobre declarações que fiz na semana passada, em que comentava a intenção de ficar mais próximo dos meus dois filhos. Algumas pessoas disseram que bastaria que eu os levasse para morar comigo no Rio de Janeiro.

Meus filhos são do meu primeiro casamento e eles moram com a mãe, que detém a guarda, em Jundiaí, em São Paulo, onde também estudam. Dessa forma, é impossível que eles simplesmente mudem de cidade - e de estado.

Em razão dessa situação, nosso contato é eventual, muito menor do que gostaria. E isso, aliás, foi o principal motivo para que eu optasse por retornar ao futebol brasileiro em 2015, mesmo possuindo propostas, financeiramente mais vantajosas, de clubes de diversos países europeus e asiáticos, naquela oportunidade.

Aproveito para desejar a toda nação vascaína um Feliz Ano Novo, de muitas vitórias e conquistas.

Um grande abraço a todos!

Anderson Luís de Carvalho - Nenê"

Voltar
mais populares
Anuncie aqui !